Posts Tagged ‘barriga’

Com que roupa eu vou?

novembro 9, 2009

Grávidas e festas não combinam. Mas não sou eu que acho não!!! Descobri isso nas últimas semanas, quando saí à caça de um vestido de festa para mim. Tenho dois casamentos até o fim do mês. No próximo sábado serei madrinha de um querido amigo. E quem disse que eu achava um vestido pra comprar?

A gente logo pensa: compra um vestido pra gorda! Não dá certo. Os vestidos grandões ficam como um saco de batatas, além de tortos. Isso porque eles são largos, mas não contam com uma barriga pontuda, que vai levantar a parte da frente do vestido e fazer com que ela fique mais curta que a parte de trás.

Muitas lojas vendem roupas lindas de grávidas, como a Mom’s, a Nine, a Zazou e o Espaço Gestar. Mas os vestido de festa são uma raridade. Um vestido que não seja curto então, é quase impossível.

No feriadão, em São Paulo, tive a ajuda da minha cunhada e experimentei uns 50 vestidos. Para grávidas e para não-grávidas. No fim das contas, gostei do único vestido de festa que tinha na loja Mommy to be, em Moema. Como os convidados de um casamento não estarão no outro (eu conto com isso, espero que ninguém me pegue no flagra), eu vou repetir o vestido e pronto. Menos um problema. Agora preciso resolver os sapatos, porque meus saltos de não-grávida não combinam como as minhas dores nas costas. 🙂

Então se você procura um nicho para novos negócios, faça vestidos para grávidas. A não ser que você ache que grávidas devem ficar em casa, com as pernas pra cima, tomando um pote de sorvete direto no colher (depois que escrevi, gostei dessa parte) e cultivando suas novas estrias… 😛

Anúncios

Estar grávida é…

outubro 21, 2009

Até agora (pelo menos pra mim), estar grávida é:

  • Me sentir carente todo o tempo
  • Ligar para o Thales o dobro de vezes que eu já ligava todos os dias (coitado)
  • Trocar de obsessão a cada 15 dias – a atual é ter pânico de ficar cheia de varizes
  • Ser mais ‘mulherzinha’ do que nunca e me encher de cremes e mais cremes
  • Ter vontade de comer brigadeiro TODOS os dias (antes eu tinha vontade dia sim, dia não)
  • Ler três livros sobre bebês ao mesmo tempo, mas não conseguir terminar nenhum de ficção
  • Xingar um homem no ônibus sem a menor cerimônia (culpa dos hormônios)
  • Vibrar de ter que fazer uma ultrassonografia ou ir ao médico – são nessas situações que nós vemos e ouvimos o Luiz Henrique
  • Ter muita dificuldade de manter os olhos abertos depois do almoço
  • Ter pânico da balança
  • Ir à academia sem reclamar tanto
  • Ficar orgulhosa da minha barriga
  • Me sentir feliz e apaixonada todo o tempo
  • Me sentir cansada todo o tempo
  • Amar incondicionalmente alguém que nunca vi

Sombra e água fresca: ADEUS!!!

setembro 22, 2009

Foram 21 dias em casa. Nada mal, né? Mas o bem-bom da licença dada às grávidas por causa da gripe suína acabou. Amanhã a vida volta ao normal e confesso que estou com preguiça só de pensar.

Cozinhei – e por consequência comi – muito, dormi muito, pensei muito. Passei hoooras na internet, li todos os blogs, sites, livros e revistas sobre gravidez do mundo! Vi as decorações mais lindas e as mais esquisitas para quartos de bebês, ganhei presentes incríveis (eles merecem um post qualquer dia desses), comecei a fazer exercícios, fiz uma ultra e enchi muuuuito o saco do Thales. 😛

Foi bom ter tempo para fazer tudo isso, mas tenho que admitir que a paciência estava acabando. Não é como estar de férias. Além da licença, seguindo as orientações do obstetra, tive que ficar longe de shoppings, restaurantes (é verdade que ignorei essa orientação umas duas vezes), cinemas, teatros. Os programas se resumiram a rápidas idas ao supermercado mais perto, almoços na casa dos meus pais, um churrasco e uma saída para a casa de um amigo. Tudo para evitar a gripe suína. Deu certo, ainda bem, mas foi chaaaato.

Não posso dizer que volto às atividades normais 100%, já que estou com uma sinusite chata há uma semana. Antibiótico por 14 dias. E pra completar, Thales tá com conjuntivite. Sensacional, né? Luiz Henrique tem pais muito saudáveis… hehehehe

Amanhã vou desfilar minha barriguinha por aí. Até que enfim!!! 🙂

Muito grávida!!!!

agosto 29, 2009

Adorei quando comecei a ler o capítulo do segundo trimestre de gestação de um livro e dizia: AGORA TODOS DESCOBRIRÃO QUE VOCÊ ESTÁ GRÁVIDA!!!

Os que sabem que eu estou grávida já acham que a barriga está enooooorme, crescendo a cada dia. Eu concordo, acho que já dá pra notar, mas a verdade é que quem não sabe, acha apenas que estou gorda! E eu já me sinto MUITO grávida!!!

Não sei bem com que objetivo, mas não vejo a hora de todos na rua notarem!!! Essa semana, pela primeira vez, peguei a fila preferencial no supermercado. Tá certo que o caixa estava vazio e a mulher olhou pra mim com uma cara tipo ‘ok, você pode usar aqui porque não tem ninguém agora’. Empinei a barriga e fiquei esperando ela falar alguma coisa…

Se a ansiedade por ver a barriga crescer é grande, maior ainda é a vontade de sentir meu filhote mexer. Mas terei que ter paciência. Já me avisaram que mães de primeira viagem só percebem alguma coisa depois de 20 semanas!!! Será????

Agora que o primeiro trimestre acabou, os primeiros medos estão dando lugar a outros, enquanto as dúvidas só se acumulam!!! Assim, por mais que eu queira conhecer logo meu filhote, acho que o tempo é fundamental para eu tentar aprender alguma coisa e estar minimamente pronta para quando ele chegar.