Posts Tagged ‘tamanho’

Qualquer semelhança…

novembro 24, 2009

Quanto mais se aproxima a hora em que vamos conhecer o Luiz Henrique, aumenta minha curiosidade. Como ele vai ser? Tranquilo? Agitado? Risonho? Sério? Implicante? Vai ter as manias da mamãe ou do papai? Ou vai ser diferente dos dois?

É claro que ainda fica aquela pergunta: vai parecer com quem? Vai ser a cara da mamãe, do papai, dos avós, dos tios? Aqui e aqui você já pode ter uma idéia de como o Luiz Henrique é.

O que mais assusta é como o tempo passou rápido, como falta pouco e como ainda temos muito a aprender. Até há pouco tempo ele ainda era um amendoim, depois evoluiu para um girino e agora já tem carinha de bebê…

O primeiro quadradinho é do dia 06 de julho e ele ainda não parecia nem de longe um humaninho, com pouco mais que 1cm… Na ultra seguinte, feita em agosto, ele tinha só 6 cm, mas já tinha um rostinho e a médica conseguiu medir o osso do nariz e fazer um dos exames mais importantes de toda a gravidez. Mesmo sendo um feto tão pequenino, já foi possível ver que era um menino. Emoção total e muuuitas lágrimas!!!

Na terceira ultra, tivemos a confirmação: era o Luiz Henrique que estava a caminho! No fim de outubro fizemos a ultra morfológica, a mais demorada até agora. Tudo foi medido, checado. Ele estava muito bem, já com mais de 700 gramas, mas não quis aparecer muito não. Ficou irritado com tanto assédio e o máximo que conseguimos ver do rostinho foi aquele pedacinho do quadrado 4.

Na última ultra, há pouco mais de uma semana, mais uma vez ele estava ótimo e deu uma ‘prévia’ de como ele será. Agora nos resta preparar tudo que falta, fazer alguns cursos e roer as unhas de ansiedade para conhecê-lo. Se as contas estiverem certas, faltam 87 dias para descobrirmos como ele é!!!

Anúncios

Primeira Ultra

julho 10, 2009

Eu chorei (claro). Thales ficou perplexo. Vovó Vera emocionada. Que emoção ver nosso (a) bebê – que está mais pra um girininho – pela primeira vez na ultra. A gestação completou 2 meses essa semana e ele (a) tem incríveis 1,5 cm. E o coração bate muuuuuito forte, lindo!

A primeira consulta me rendeu a melhor das dicas até agora. O remédio que o Dr. Pedro Pasqualete me deu para enjoos salvou meus dias! Consigo comer com alguma alegria e não me sinto mais como se fosse explodir a qualquer momento.
Consegui comer bolo no aniversário e curtir os muuuuitos presentes que ganhei para nosso (a) filhote. A capacidade de me concentrar continua pequena e o sono enooooorme, mas faz parte, né?

A próxima tarefa é ler e estudar muuuuito!!! Há tantas coisas que devo saber e que não tenho idéia. Ontem não consegui nem responder pra que serve um cueiro! Coitado do meu filhote!!!